O APOCALIPSE DA CIÊNCIA I: Magnetismo, onde tudo começa … ou termina

Teorias e profecias são tão parecidas!

Um colega meu costuma dizer que os profetas e os escritores antigos, talvez fossem os cientistas ou relatores da época, e tentavam explicar as coisas de uma forma entendível, mas o que era entendível aos humanos de conhecimento primitivo a milênios atrás? Os cientistas daqueles tempos, com certeza teriam dificuldades em dispor que suas teorias e estudos fossem compreendidos pela população simples.

Começamos nosso debate em uma época mais recente, nas terras áridas de onde se encontra hoje o Arizona. Em 1100 DC uma nova tribo se formava, provavelmente da migração de várias pequenas tribos indígenas dos arredores. Uma nação nativa americana que veio a se chamar HOPI.

Dos Hopi, os quadrinhos e os filmes herdaram boas histórias e personagens dos ‘pele vermelha’ americanos, e vejam só,  os Hopi a 900 anos já falavam sobre a viagem ao centro da terra, parecida com a de Júlio Verne, e sobre o teletransporte de Star Trek.

O que acho interessante nos Hopi é o senso de brevidade. Eles ensinavam seus filhos que este mundo teve um início e teria um fim, e que em todo o meio entre o começo e o final desta nossa casa terrestre, o mundo já passou e ainda passaria por vários recomeços. Sete para sermos exatos.

Estes filósofos de pele vermelha dizem que estamos no quarto mundo, tendo passado portanto em quatro catástrofes de quase extinção, e um desses eventos de recomeço foi um incrível dilúvio, extremamente parecido com o das histórias criacionistas (ou não, pois existem relatos não religiosos sobre a época em que um grande dilúvio ocorreu).

 

MAS CADÊ O MAGNETISMO?

 

Poíse, uma profecia bem antiga dos Hopi fala sobre um final de era, onde o mundo passaria por uma mudança que faria as paredes caírem, e o chão balançar tanto, que a água mudaria de lugar.

E sim, a ciência deu seu parecer sobre o fato. Acreditemos nós ou não, nossa ciência começa a reconhecer mudanças importantes no campo magnético desse planetinha azul. Bom, a maior parte dos profetas que ousaram escolher uma data, erraram. Eles obviamente previram datas incorretas, mas acertaram sobre o acontecimento, hoje sabemos que os pólos magnéticos irão se inverter, isso já aconteceu no passado,  sabe se lá quantas vezes de acordo com os estudos científicos do assunto. O interessante é que os Hopi e vários outros profetas com ou sem religião, falaram disso em épocas onde não era possível discernir sobre esse fato cientificamente, sem nenhuma tecnologia.

Além dos Hopi, várias profecias ancestrais de diversas tradições e partes do planeta anteviam esse fenômeno, à exemplo João que foi o autor de 5 dos 27 livros bíblicos do novo testamento, incluindo o famoso Apocalipse escrito em aproximadamente 90 DC, e que para muitos criacionistas é a profecia do final dos tempos. Com certeza João escreveu sobre coisas que são no mínimo curiosas para um autor do final do século 1. O capítulo 6 dos versos de João fala sobre muitas coisas  que inacreditavelmente se assemelham as profecias Hopi, e que veremos em episódios futuros, o que acho interessante mesmo é o item 14 e 15 da lista do escritor João neste capítulo: E o céu retirou-se como um livro que se enrola; e todos os montes e ilhas foram removidos dos seus lugares. E os reis da terra, e os grandes, e os ricos, e os tribunos, e os poderosos, e todo o servo, e todo o livre, se esconderam nas cavernas e nas rochas das montanhas;

Mesmo que isolemos o polêmico Apocalipse, ainda nos sobraria na cultura judaica o ‘profeta’ Isaías, vindo de uma família de boa condição financeira e social, foi profeta em Judá, e registrou sua previsão à pelo menos 2600 anos atrás.

O texto de Isaías tem muita coisa a ser estudada sobre o futuro judaico (agora passado) e sobre o previsto mundo do amanhã, tão parecido com o dos Hopi e do Apocalipse de João. “E será que aquele que fugir da voz de temor cairá na cova, e o que subir da cova o laço o prenderá; porque as janelas do alto estão abertas, e os fundamentos da terra tremem. De todo está quebrantada a terra, de todo está rompida a terra, e de todo é movida a terra. De todo cambaleará a terra como o ébrio, e será movida e removida como a choça de noite.” (Isaías 24:18 à 24:20)

 

TÁ BOM, MAS E CADÊ ESSE BARATO DE MAGNETISMO?

 

Um estudo de pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, sugere que nosso planeta azul está no meio de um evento geológico que, ao encerrar resultará na inversão dos pólos terrestres. Muita gente na comunidade científica mundial fala desse assunto, e em 2012 detectaram um aumento assimétrico no hemisfério Oriental.

Ok, o eixo da Terra não passa exatamente no meio dela! É levemente inclinado para o lado leste, mas ao que parece está assim a uns 200 anos, porque antes disso estava em outra posição, ao que se acredita cerca de 10.000 anos. Segundo o IO9 e o Nature Science, a ciência diz que a inversão já começou, e sabemos isso através de vários efeitos.

Entre as catástrofes estimadas estariam o deslocamento dos continentes através de terremotos bem grandiosos, a extinção de inúmeras espécies e a transformação do clima. ******isso lembra alguma coisa? por que você acha que escrevi todo aquele textão ali em cima? Olha as paredes hopi caindo e as terras e ilhas de João saindo dos seus lugares.

O pessoal da ciência cita que essa inversão acontece quando os agrupamentos de átomos presentes no ferro fundido do núcleo do planeta, que funcionam como pequenos ímãs, sofre um realinhamento, eles vão aumentando de tamanho e influenciando o restante do núcleo, o que provoca a inversão dos pólos.

Isso leva milênios para chegar ao fim, e pode parar antes de acabar, porém prevalecendo, um dos maiores efeitos é o enfraquecimento do campo magnético desse planetinha em que vivemos, e assim a Terra e toda a vida que ela abriga, ficaria, obviamente, mais vulnerável à radiação solar, principalmente das tempestades solares, o que lembra as janelas dos céus de Isaías que estarão abertas, enquanto as pessoas se escondem nas suas cavernas protegidas.

Mas essa é só uma das inúmeras teorias a respeito do assunto. Fato mesmo é que já aconteceu no passado essa mudança geológica, e a comunidade científica é unânime em afirmar que acontecerá novamente em algum momento da ocupação humana na Terra.

Calma! Você provavelmente vai deixar essa vida antes disso acontecer. E talvez daqui a milênios, quando ocorrer o novo mundo Hopi/judaico/cristão (e de muitas outras religiões), um de nossos descendentes (esperamos que sobrevivam), conte a seus filhos sobre o recomeço como um evento de proporções divinas, e sobre uma profecia do final do tempo que ainda está por vir.

Deixe seus comentários aqui

comments